Do nutrir

Por que razões devemos nos conformar às expectativas que o outro tem de nós? Para ser mãe e parceira não poderei ter a minha jornada da alma, do prazer da busca daquilo que me encanta o intelecto? Que me nutre e que me ajuda a ir ao encontro de meu espírito, minha verdade?

Então estou sendo cobrada, demandada a prover amor numa intensidade de presença insaciável. Preencher um vazio do outro, o poço sem fundo. Não encontro em mim esse ímpeto ou desejo de ser tudo para o outro. Não quero nenhum outro fazendo prisão em mim. Não quero o outro fazendo coisas por mim no intuito de me possuir, de me demandar algo incondicional em troca, toda a minha pulsão de vida.

Não quero ser mãe perfeita, sou sim mãe suficientemente boa. Não quero ser o céu e a terra de ninguém. Quero ser meu céu e visitar o céu e a terra do outro, delicadamente, convidada, desejada. Não quero demanda cega desesperada que, por medo do fim escuro, se segura com unhas e dentes cravados na cobrança que eu seja algo que não sou, que nunca fui.

Quero silêncio, respiro. A solidão de me perder em um livro, de escrever minhas dores calmamente, de ver o brilho nos olhos de minha menina – qual é afinal o sentido da vida? Da minha vida? Da nossa vida? Se minha criatividade me cura as feridas da alma, então que eu a alimente, que a dê vazão, passagem, seja pela escrita, pelo choro, pelo bordado ou pintura, ou por tudo isso junto. Pelo abraço, no sonho do sono bem dormido.

Quero mais tempo para mim, quero ser mais livre, poder calar quando quiser, chorar quando quiser, ler, escrever, bordar, dormir, caminhar, amar quando eu quiser. Quero sintonia e ritmo. Quero ser uma suficientemente boa mãe e companheira.

Mas acima de tudo, quero ser uma boa mulher de mim mesma.

#almaluminosame

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: